CD BABY HELP CENTER

O que são royalties de performance para gravações sonoras? (Também conhecidos como royalties não interativos)

Esses são royalties devidos aos artistas que interpretaram uma música (ou em um álbum falado ou de comédia) e ao dono da gravação sonora toda vez que uma faixa é tocada em um serviço de transmissão não interativo (o que significa que ninguém CLICOU para ouvir uma música específica) como o Pandora, Sirius XM e estações de rádio de TV a cabo.

Esses royalties "não interativos" são divididos da seguinte maneira:

Participação na gravação sonora (também chamada de participação da gravadora): 50% - essa quantia é paga para a gravadora, para o detentor dos direitos ou para o administrador dos royalties.

Artista em destaque: 45% - essa quantia é paga diretamente aos artistas principais.

Artistas secundários: 5% - essa quantia é paga para musicistas de apoio.

É importante observar que os royalties por desempenho digital para gravações sonoras não estão relacionados aos direitos de divulgação, então nenhuma parcela desses royalties pertence aos editores ou compositores. Com esse tipo de royalty, o que importa é a gravação e não a canção/composição em si. Organizações como a ASCAP e a BMI NÃO recolhem royalties de desempenho digital para gravações sonoras. Em vez disso, eles são recolhidos pela SoundExchange, que detém os fundos até que as partes apropriadas se inscrevam nele para retirar o dinheiro.

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação
Powered by Zendesk